Equinos App

1 2 3 4 5

Segurança

O cavalo é um predado, uma presa. Praticamente estamos vendo esta frase saindo da nova onda de profissionais, “horsemen” de todo o Brasil e do mundo. Uma onda grande de novas pessoas que, com ou sem experiência, entram neste universo profissional muitas vezes arriscando a própria integridade física para tal. Mas, não é desta segurança que quero falar hoje, mas sim da segurança do cavalo.

Conversando com uma amiga que está lendo um livro alemão de equitação, dizia-me ela que uma das ideias mais citadas é que o cavalo, como presa, predado que é, deve enxergar o Homem como fonte de segurança, de confiança. Novamente podemos dizer que este é mais um “quase clichê” do nosso mundo do horsemanship. Mas, quantos cavalos você conhece que realmente pensam assim? Quantos profissionais do cavalo realmente trabalham para isto acontecer? Eu, particularmente conheço poucos, muito poucos. Posso lhes dizer que os nossos aqui da Universidade do Cavalo são assim depois de um tempo de treinamento.

Imagine que se quisermos (e penso que devemos) levar isto ao pé da letra. Quantas coisas acontecem no dia a dia de uma cocheira que são portas para isto ser construído quando na verdade vem sendo destruído... quantas oportunidades no manejo, no trato básico, no simples tosquiar de orelhas por exemplo, ou mesmo na simples escovação estão sendo desperdiçadas por pessoas que nem se dão ao luxo de pensarem sobre isto... quantos cavalos estão sendo destruídos mentalmente por seus treinadores, que sem tempo ou por falta de conhecimento não praticam o bom horsemanship, a boa convivência... Penso que segurança é algo que todos buscamos e queremos. Por que não oferecermos isto amplamente aos cavalos que trabalhamos? Em tempo (e, talvez pela centésima vez...)

Horsemanship não é técnica, não é método, não é sistema de trabalho, muito menos uma característica ou adjetivo para uma pessoa. Assim, “ser um horsemanship”, ou “o horsemanship fulano de tal...” é sinônimo de falta de conhecimento completo sobre duas coisas: a língua inglesa, e cavalos... E aí voltamos no inicio deste breve texto sobre a segurança...


Aluísio Marins, MV
Universidade do Cavalo
www.universidadedocavalo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *