Equinos App

1 2 3 4 5

Raça: Andaluz

Andaluz

Origem: Península Ibérica
Altura: a partir de 1,60m
Pelagem: geralmente tordilha.

O andaluz possui cabeça com chanfro convexo, olhos vivos, cílios longos e orelhas flexíveis.
O pescoço é forte, o peito desenvolvido, o dorso e o lombo curtos, a espádua e garupa passantes. Os membros são esguios e os pés pequenos.

Originário da Península Ibérica, o andaluz sofreu a influência de sucessivas invasões nessa região. O sangue árabe e berbere foi então misturado ao das pesadas montarias nórdicas dos “bárbaros” que disputavam o Império Romano. Os espanhóis, imitando os conquistares mouros, selecionaram montarias rápidas e ligeiras, hábeis e manejáveis. A raça então definida foi fixada principalmente pelos monges carruchos, na famosa criação da região de Jerez.

A criação de um haras real e o estabelecimento do primeiro livro genealógico por Felipe II, em 1571, coincide como desenvolvimento da equitação “acadêmica”, que codificou diferentes figuras eqüestres úteis à guerra e maravilhosamente executadas por esse tipo de montaria. De temperamento quente e generoso, o cavalo andaluz é muito dócil. Sua docilidade e regularidade fazem dele uma perfeita montaria de alta escola, e um companheiro confiável para cavaleiros inexperientes. O andaluz compensa a falta de velocidade e inaptidão para o salto de obstáculos com sua elegância, resistência e boa vontade.


Fonte: Enciclopédia Larousse dos Cavalos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *