Equinos App

1 2 3 4 5

Quantos sons emitem os cavalos?

Sugiro o excelente livro “Guia Essencial do Comportamento do Cavalo”, do autor Desmond Morris, da Editora Cães, Gatos, Periquitos e Cia. É uma ótima publicação para quem quer conhecer mais sobre o comportamento dos cavalos. Gostaria de compartilhar com vocês uma parte interessante do livro, que trata dos sons dos cavalos. Todos nós já conhecemos estes sons e os vivenciamos com nossos cavalos. Com certeza, ao ler os tipos abaixo, lembraremos das situações do dia a dia de nossas cocheiras. Segundo o autor, os cavalos possuem uma linguagem simples e útil. Através dos sons, os cavalos transmitem seu estado de espírito aos companheiros. Existem oito sons principais:

Resfôlego: é emitido nas situações de perigo ou dúvida sobre o perigo. Este som emitido serve para 2 coisas: alertar os outros membros do grupo e limpar as vias respiratórias que ficam prontas para a ação de fuga e para uma melhor respiração.

Guincho: é um sinal defensivo. É emitido, por exemplo, quando éguas estão com as tetas doloridas e não quer que sejam tocadas.

Ronco de cumprimento: som grave, trepidante, é utilizado como um sinal amigável do tipo “venha cá”, e principalmente em locais fechados quando um companheiro entra, ou nas horas das refeições.

Ronco de namoro: emitido por um cavalo ao aproximar-se de uma égua, com conotação sexual especifica. Muitas vezes, quando o garanhão emite este som, abana a cabeça vigorosamente, conservando a boca fechada e as narinas bem abertas.

Ronco maternal: dirigido pela égua à cria, som suave, e é utilizado quando e égua está ligeiramente preocupada com seu filho ou filha.

Relincho: este som começa com um guincho e termina como um ronco. É o equivalente ao uivo do cão e é emitido quando um cavalo está isolado do bando.

Rugido: quando os cavalos lutam ou estão em um estado fortemente emocional como medo, raiva. São raros nos cavalos domésticos.

Sopro: semelhante ao resfôlego, mas sem a trepidação. É gerado nas situações de dúvida, e também nas situações de euforia, alegria.



Aluísio Marins, MV
Universidade do Cavalo
www.universidadedocavalo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *