Equinos App

1 2 3 4 5

O tempo

O tempo pode ser um aliado do profissional do cavalo. Tempo para conseguir fazer algo, tempo para limpar algo, tempo para trocar uma sela. O tempo faz parte da rotina de vida de qualquer pessoa, e com os cavalos não é muito diferente a não ser pelo fato de que o dia tem as mesmas 08 a 10 horas do dia de qualquer pessoa, acrescido ao fato de que o cavalo é um ser vivo que depende das ações das pessoas. E isto faz a diferença. Imagine um dia normal de um centro equestre, envolvendo aulas de equitação por exemplo. Um instrutor de equitação, no cenário convencional brasileiro, deve se concentrar em diversas tarefas e não somente ao aluno em si, como por exemplo: o cavalo, o encilhamento do cavalo, a preparação da pista, a escolha do cavalo correto para o aluno, as embocaduras, o grupo que vai fazer aula naquele horário, os níveis de cada aluno, etc. Ainda no cenário brasileiro, vemos muitos casos onde o próprio instrutor é o proprietário da escola, e portanto deve cuidar do marketing, das finanças, das ações para com o mercado, da contratação dos funcionários, do manejo geral dos cavalos, da compra e venda de cavalos a alunos e para a escola, das idas ao banco, dos atendimentos emergenciais, das visitas a clientes futuros, das idas para provas.

Assim, este texto que tanto fala do tempo, tem mesmo a ver com as profissões dentro do segmento equestre. Se você, assim como nós da UC tem a vontade e o amor pleno pelos cavalos, decide tornar-se profissional do segmento equestre, saiba que muito mais do que somente amar cavalos vai estar envolvido com você. Por muitas vezes você não vai montar, não vai estar com os cavalos, em detrimento do seu negócio, da sua profissão. Obviamente que estamos falando muito talvez do papel de um eventual “dono do negócio”. Mas, as habilidades e competências extras serão sempre muito bem vindas e super aceitas se você é um funcionário do local. E, lembrando sempre das regras mais atuais do mercado, se você acha tudo isto bobagem, besteira, perda de tempo porque seu negócio é cavalo e nada mais, tudo bem, mas alguém não pensa assim, e quem contrata hoje em dia não contrata somente quem ama cavalos ou uma só coisa dentro do mundo dos cavalos. Quem contrata, quer gente que ame, que seja apaixonado por cavalos e por tudo o que envolve a vida destes animais. Tudo.


Aluisio Marins, MV
Universidade do Cavalo
www.universidadedocavalo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *