Equinos App

1 2 3 4 5

O material de couro

Outro dia mostrei a alguns alunos uma cabeçada que tenho desde 1980. Está em uso e poucos acreditaram. Mostrei, também, minha primeira sela, que ganhei há 27 anos. Não está mais em uso, mas em perfeitas condições, e se quiser usar, está pronta.

Um dos alunos perguntou-me como fiz para manter estes materiais em estado de uso, e se era vantagem manter o material por tanto tempo. Em épocas de descartáveis e recicláveis, entendo a pergunta, mas para os meus cavalos e meu dia a dia prefiro materiais mais tradicionais, o tempo antigo.

Uso materiais de couro, selas feitas por seleiro tradicional, artesanal, costuradas manualmente. As cabeçadas em couro, e grande parte dos bridões e freios que uso, são muito antigos, do meu tempo de criança.

A sela e a cabeçada devem ser da mesma cor, se marrom, tudo marrom, se preto, tudo preto. Você pode estar surpreso ou mesmo não concordar com tanta coisa “velha” usada nos meus cavalos, mas gosto e prefiro o tradicional. Não abro mão das coisas novas, mas sempre em couro.

Sei, também, que algumas modalidades como o enduro necessitam de material sintético pois a água nos cavalos vai deteriorando o couro, mas acho que se eu ainda fizesse enduro continuaria com o couro.

É um gosto meu, e acho que os cavalos ficam mais bonitos quando vestidos em couro. Mas, o couro dá um certo trabalho, especialmente se você quiser manter o material em uso por muito tempo. Também devo dizer que escolher o material certo ajuda muito na durabilidade.

Existem cabeçadas de couro que são praticamente descartáveis tamanha a falta de qualidade. Vão arrebentar logo.

O couro exige limpeza e hidratação. Limpar com sabão, hidratar com creme ou pasta especifica para isto. O tradicional sebo de carneiro também é uma opção boa. Prefiro as pastas aos óleos, pois o desperdício é menor e já existem no mercado pastas que secam logo, não marcam a calça ou culote, e são desenvolvidas para o dia a dia.

Aqui na Universidade do Cavalo limpamos e hidratamos o material de couro pelo menos uma vez por semana, não somente por isto ser o correto em termos de limpeza, mas também porque da mesma forma que tenho materiais do meu tempo de criança, quero que meus filhos usem o material do tempo de criança deles!


Aluisio Marins, MV
Universidade do Cavalo
www.universidadedocavalo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *