Equinos App

1 2 3 4 5

Exercícios com cavalos ajudam no desenvolvimento de crianças com autismo

A equoterapia, nome dado ao tipo de exercício realizado em cima de cavalos, “é um método terapêutico e educacional que melhora o desenvolvimento físico, psicológico e social de pessoas com autismo”, explica a fisioterapeuta do Jockey Club São Paulo Letícia Junqueira.

Um estudo recente realizado na clínica de tratamento para crianças com necessidades especiais no Reino Unido, a Special Horses for Special Children, sugere que os movimentos realizados pelo corpo da criança autistas enquanto ela está sobre o cavalo aliviam a tensão na parte do cérebro que afeta a fala e a visão. Com isso, o sangue na região flui melhor, e com isso a atividade neural da região melhora significativamente. Além da fala, o humor e a atenção do paciente também são beneficiados.

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que geralmente aparece nos três primeiros anos de vida afetando o desenvolvimento normal do cérebro relacionado às habilidades sociais e de comunicação.


O tratamento


Os movimentos do cavalo são 95% semelhantes ao andar humano, o que é chamado de tridimensional, pois produzem deslocamentos para direita e para esquerda, para cima e para baixo e para frente e para trás, tudo acontecendo ao mesmo tempo.

Durante o deslocamento do animal, a pessoa que está realizando o exercício recebe de1800 a2200 estímulos cerebrais e ajustes tônicos – movimento automático de adaptação do praticante ao movimento do cavalo - que percorrem a coluna através da medula espinhal, chegando ao sistema nervoso central (SNC).

“No SNC, os neurônios se unem, gerando novas células nervosas, que servirão como “ponte” na realização de uma determinada atividade motora dificultada por uma lesão cerebral”, esclarece a fisioterapeuta.

A equoterapia para melhora dos sintomas do autismo, sendo indicada para crianças e adultos. Para cada fase são realizadas atividades e exercícios distintos. Na infância as atividades envolvam brincadeiras, e se enfocam nos aspectos motores e emocionais. Já na fase adulta são realizadas atividades de circuito e exploração espacial, com exercícios físicos de relaxamento e equilíbrio físico e mental.

Um estudo recente realizado em uma clínica de tratamento para crianças com necessidades especiais no Reino Unido, a Special Horses for Special Children, sugere que os movimentos realizados pelo corpo da criança enquanto ela está sobre o cavalo aliviam a tensão na parte do cérebro que afeta a fala e a visão. Com isso, o sangue na região flui melhor e, portanto, a atividade neural da região melhora significativamente. Além da fala, o humor e a atenção da criança também são beneficiados.

A equoterapia não descarta o acompanhamento de profissionais especializados no assunto, como neurologistas, psicólogos, psiquiatras e fonoaudiólogos.


Serviço:

Espaço Letícia Junqueira
Jockey Club de São Paulo.
Av. Lineu de Paula Machado, 1263 - Jd. Evereste
Horário: Segunda-feira das 10:30 às 16:00 horas e de terça-feira a sexta-feira das 10:30 às 17:30 horas.

Assessoria de Imprensa Espaço Letícia Junqueira
Juliana Tavares
(11) 2849-3025 / 99614-5331
E-mail: equoterapia@jockeysp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *