Equinos App

1 2 3 4 5

Das coisas dos homens

Dia destes um amigo me ligou para contar um caso de um cavalo que empinava quando estava saindo montado. O caso era que para escovar, selar, colocar o freio e montar, tudo certo. Quando se pedia para o cavalo sair andando, ainda na cocheira, o mesmo empacava, e o cavaleiro continuasse a tocar, o cavalo empinava. Cada vez que empinava, este amigo descia do cavalo. Um amigo deste amigo viu a cena certo dia. Deu a primeira sugestão: montar e surrar o cavalo. Pegaram então um chicote e quando o cavalo empinou, bateram, muito. O cavalo então empinou mais e mais, e o cavaleiro desceu de novo. Segunda ideia: pegar um bambu e assustar o cavalo.

A ideia é que como o bambu era maior do que o chicote, poderia ser que o cavalo se assustasse mais e saísse andando. O cavalo (já prevendo tudo isso), empinou de novo, caminhou para frente um ou dois passos. Alegria geral. Conseguiram fazer o cavalo andar para frente. Mas, empacou novamente. A ideia final (e genial...) foi a de pegar um cabo de cabresto bem longo, amarrar a ponta do cabo na caminhonete e “rebocar” o cavalo para que ele andasse. Tudo isto, com o cavaleiro montado. Acreditem, fizeram. O cavalo então empinou e encontrou o cabo do cabresto. A caminhonete começou a andar, arrastou o cavalo ainda em pé, mas logo ele escorregou e caiu. Ralou a lateral da coxa, pontas de ossos aparecendo. O cavaleiro então obviamente desceu, desamarraram o cavalo que levantou. Machucou, e, portanto os planos estavam cancelados, pois o cavalo não tinha condições de executá-los.

Amigos, este é um caso verídico. Acreditem, acontece muito mais do que se imagina Brasil e mundo afora. Ninguém pensou no cavalo. Pensaram somente no que queriam que o cavalo fizesse. Trataram-no como objeto, um carro encalhado sendo rebocado. Pensaram somente nas empinadas e não nos porquês das empinadas. Pensaram em soluções humanas para objetos, e não soluções equestres para cavalos. Seria extremamente fácil e simples bater e resolver. Não dá certo, como não deu, porque não é simples e fácil assim. Quem (ainda) pensa que as coisas se resolvem simplesmente assim, está atrasado, desatualizado, desinformado e principalmente dentro de mundo errado. No mundo dos cavalos o equilíbrio e as respostas aparecem quando as das partes entram em acordo. Mas, até para isto, depende-se muito mais dos homens do que dos cavalos...

Aluísio Marins, MV
Universidade do Cavalo
www.universidadedocavalo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *